Sindicatos de Brusque deram apoio ao Dia de Greve Geral

O movimento sindical de trabalhadores de Brusque deu apoio às manifestações durante a Greve Geral realizada na sexta-feira, 14 de junho, em todo o país contra a Reforma da Previdência e os abusos contra a educação que vem sendo implementados pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. As ações apoiadas pelo Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região se concentraram em cidades como Blumenau, Itajaí e Florianópolis. Não houve manifestos em Brusque.

O coordenador do Fórum, Jean Carlo Dalmolin, explica que todos os sindicatos filiados ao Fórum não paralisaram as atividades em respeito aos associados que tinham atendimentos médicos e outros serviços programados para esta data. "Estive participando do manifesto em Blumenau, junto com trabalhadores das mais diversas regiões. Cada um que teve a oportunidade de se manifestar mostrou dua indignação com as reforma propostas", destaca ele.

Para Dalmolin, após a Reforma Trabalhista, aprovada e colocada em vigor em 2017, muitos trabalhadores começaram a perceber as políticas que atacam diretamente a própria população, seja nos direitos trabalhistas na educação e em outras políticas públicas.

Os manifestos e a Greve Geral do dia 14 foram convocados pelas centrais sindicais nacionais.