Fórum apoia protesto do IFC Brusque contra bloqueio de recursos

O Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região deu apoio a alunos e servidores do Instituto Federal Catarinense (IFC), que protestaram nesta quarta-feira, 15, contra o anúncio do governo federal de bloqueio em recursos destinados ao órgão. A manifestação pacífica foi feita à tarde, através de passeata por ruas no Centro de Brusque.

Ainda na terça-feira, 14, membros de sindicatos e a coordenação do Fórum Sindical participaram de reunião com o diretor de ensino do IFC, Julio Pedroso. Na oportunidade, ele explanou acerca dos prejuízos com o bloqueio, se o mesmo se confirmar. Entre estes está a redução na qualidade da alimentação diária oferecida a alunos e servidores, entre outras. O Fórum se colocou à disposição para auxiliar no que estiver ao alcance das entidades sindicais. Estiveram na reunião dom Pedroso o coordenador do Fórum, Jean Carlo Dalmolin, o secretário do Fórum, Orlando Soares Filho, e o secretário-geral do Sintrafite, João Decker.

Na semana passada, o governo federal anunciou que iria cortar 30% dos repasses de recursos financeiros destinados a universidades federais e instituto em todo o país. A medida foi adotada após críticas recebidas pelo governo ao anunciar a redução dos recurso em três universidades: a de Brasília (UnB), Federal Fluminense (UFF) e a Federal da Bahia (UFBA). Como retaliação, o ministério expandiu o bloqueio a todas as demais instituições de ensino federais pelo Brasil.

A rede compreende 60 universidades e outros 40 institutos com o IFC. No mês passado, o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que iria cortar cerca de R$ 5,8 bilhões destinados à educação no orçamento geral da União deste ano.