Moradores sofrem porque ônibus tem parada final quatro quilômetros antes

Moradores das regiões dos bairros Cedro Grande e São João, em Brusque, procuraram ajuda em sindicatos que são associados para resolver um problema que está afligindo muitos. Os ônibus do transporte público que fazem linha para aquela área da cidade de Brusque, mais precisamente no Taquaruçú, estão deixando os passageiros cerca de quatro quilômetros antes do que deveria ser a parada final.

Com base na denúncia, na última semana, no dia 30, representantes do Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região foram até o local conferir as reclamações de perto. Participaram da vista o coordenador do órgão, Jean Carlo Dalmolin, e o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos (Sinseb), Orlando Soares Filho. Além de verificar se as reclamações tinham sentido, eles ouviram de outras pessoas que encontraram pelas ruas depoimentos sobre a dificuldade chegar em casa diante dessa situação.

“Já fiz várias denúncias sobre isso e nada se resolveu. Já tive no coletivo, com vereadores e nada”, reclama o servidor público aposentado Elias Cortesini, que reside na região.

O problema sobre o não cumprimento do trajeto em sua totalidade pelos ônibus não é de hoje. O coordenador do Fórum Sindical, Jean Dalmolin, afirma que o próprio conselho que delibera sobre o serviço já tem conhecimento do problema.

“Já foi levada encaminhada solicitação ao Conselho do Transporte, mas até hoje não se resolveu o problema. Ficamos sabendo que os ônibus escolares conseguem ir até no final, mas os outros não. O que não dá de entender é que em alguns horários o ônibus vai até no final”, diz ele.

O Fórum vai entrar em contato com a empresa que explora o serviço e com a Prefeitura para cobrar a solução do problema.